Brincadeiras para festas infantis

Festa de aniversário de criança não pode faltar bolo, docinho, pipoca e brincadeira para entreter a turminha. Além de tudo isso, as comemorações podem incentivar o desenvolvimento de um olhar diferente para o mundo. Brincar é absolutamente importante nos processos de desenvolvimento humano uma vez que as brincadeiras de infância são o reflexo dos desafios da vida adulta.

Para que tudo dê certo no dia do evento é preciso planejar. O primeiro passo é convidar crianças da mesma idade, pois se houver muita diferença, é preciso pensar em atividades diferenciadas. Em seguida é importante preparar um cronograma da festa planejando, no máximo, quatro horas de duração. Avaliar o espaço disponível para as brincadeiras para definir o tipo que será aplicada e também se será preciso usar eletricidade e de qual voltagem.

Feito isso, arregace as mangas e divirta-se! Preparamos uma lista de brincadeiras:

Bexiga:

Material: bexigas coloridas; fitilha (fita de presente); mini balas; chocolates, brinquedinhos.

Público: todas as idades. Pode ser feito com pré-adolescentes, adolescentes, jovens e adultos, basta adaptar os brindes de dentro das bolas.

Coloque os brindes mais simples na bexiga e encha. Nessas coloque uma fita longa, cole no teto, de forma que fique fácil de pegar, dessa forma vá dificultando as bexigas e 'melhorando' os brindes. Escolha um brinde caprichado e coloque no nível mais difícil.

Autógrafos:

Material: papel, caneta ou lápis

Público: Crianças a partir de seis anos e pré-adolescentes. (Evite misturar as idades)

Entregue papel e caneta a cada criança e ao sinal do recreador devem conseguir o maior número de autógrafos no tempo de 1 minuto. Não vale repetido.

PASSA PRENDA

Material: Objeto, conforme o número de participantes, que sirva de prenda e seja fácil de prender um papel.

Os participantes formam uma roda e, conforme a contagem regressiva, vão passando a prenda (que deverá estar escrita em um pedaço de papel). O mestre começa a fazer a contagem e todos ajudam "10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1". O participante que estiver com a prenda no 1, deverá pagar o mico que está escrito.

Corrida de papelão

Correm um representante de cada equipe. Cada competidor receberá dois pedaços de papelão, para colocar embaixo dos pés. Primeiro, ele pisa em um dos papelões e, quando for dar o passo, coloca o outro na frente, pisa nele e torna a repetir a operação, de tal forma que ande pisando neles o tempo inteiro. A corrida é só de ida. Quem cruzar a linha de chegada primeiro, vence.

 

Essa matéria faz parte da promoção "Mãe também é cultura" e foi amadrinhada por Cintia Gomes de Toledo.

 

PUBLICIDADE

estetica/300x250.gif